Lanchar no trabalho

Para manter o pique diário das jornadas é necessário estar com a saúde forte e, como sabemos, isso depende muito da forma que nos alimentamos e das comidas que ingerimos regularmente. Na semana do trabalhador, dentre as eternas lutas e reivindicações das classes, uma poderia entrar em pauta: o direito à alimentação saudável! As demandas cotidianas e correrias do dia a dia fazem de todos nós, trabalhadores, alvos irrestritos dos maus hábitos, sobretudo quanto à alimentação.

Às vezes não dá nem para almoçar. Em outras ocasiões, o tempo urge tão ferozmente que só dá para comer produtos industrializados e de preparo rápido. A verdade é que equilibrar a vida entre trabalho e dieta é uma missão cada vez mais difícil de cumprir. Independente disso, é fundamental estar alimentado durante o dia todo. Pequenas refeições de 3 em 3 horas, ou no máximo de 5 em 5 horas, mesmo que se tenha pouco tempo, fazem uma grande diferença na vida das pessoas.

Como melhores opções para essas refeições intermediárias temos as frutas, iogurtes com baixo teor de gordura, apenas para quem tem geladeira à disposição no trabalho ou lancheira térmica, e castanhas, que são excelentes opções, por não ocuparem espaço e não precisarem de refrigeração, basta apenas ter moderação no consumo. As barrinhas de cereais são comumente escolhidas pela praticidade, mas devemos ter sempre atenção às quantidades de açúcar, sódio e gordura nas barrinhas (e industrializados em geral) selecionadas.

Para quem fica muito tempo fora de casa, sanduíches com pão integral, folhas, tomate e queijo branco também são boas opções, lembrando que devem sempre ficar refrigerados. Por isso, uma lancheira térmica é um item indispensável.

Veja, abaixo, uma lista de alimentos indicados para quem trabalha o dia inteiro!

– Frutas: Não restam dúvidas que as frutas são consideradas as melhores opções para qualquer dieta nutricional. Comparadas a outros alimentos, elas apresentam grandes benefícios, que não se restringem somente ao sabor e ao bem-estar que proporcionam. Dependendo de sua composição, elas podem conter propriedades digestivas e até otimizar a absorção de alguns minerais contidos durante a refeição.

– Iogurte: Versátil e delicioso, o iogurte cabe em diferentes partes do dia. Pode ser em um saboroso café da manhã, do lanche da tarde, ou até mesmo dentro de uma receita. Faz parte da lista dos superalimentos; ou seja, a cada pedaço consumido, uma grande quantidade de nutrientes que beneficiam o organismo nos acompanha.

– Barrinha de Cereais: Feitas para atender as demandas dos tempos atuais, as barrinhas de cereais se encaixam perfeitamente no cardápio do dia a dia. Dê preferência às barrinhas, pois, além de saborosas, elas podem complementar uma dieta saudável, aumentando o consumo de fibras e vitaminas, ajudando na redução da absorção de gorduras e sensação de saciedade. Algumas barras substituem muito bem uma sobremesa.

– Castanhas: Também conhecidas como frutas oleaginosas, as castanhas são ótimas para incorporá-las na rotina da vida contemporânea. Por possuírem uma grande variedade de formas e sabores, as ela são consideradas petiscos práticos e saborosos, fáceis de levar na bolsa. São bastante ricas em nutrientes como selênio e vitamina E, ambos com ação antioxidante.

– Pão Integral: Ideal para sanduíches e lanchinhos, a massa integral é muito mais rica em fibras, vitaminas e minerais do que as de pães comuns. Eles têm menos açúcares e gorduras, o que ajuda n a função intestinal e aumenta a sensação de saciedade após a refeição.

– Queijo Branco: Fonte dos mais diversos nutrientes, a tradicional iguaria é presença quase obrigatória em dietas para o dia a dia. Por sua flexibilidade alimentar, ele pode ser consumido a qualquer hora, em qualquer refeição, desde que não seja em grande quantidade.

Estas são apenas algumas opções saudáveis. No entanto, vale a dica de sempre: consulte um especialista para que a dieta possa ser completamente adequada à sua vida. Bom apetite!